Blogia
vips

Celebridades Mundiais

Fotos sexy de Almudena Cid

Como la barba de Gasol pica, aquí está Almudena Cid. ¡No te pierdas el vídeo de esta sesión de fotos! Casi 5 años ha costado que una campeonísima como Almudena Cid aparezca en FHM... ¿Qué hace una chica como tú en una revista como ésta? La gente sigue creyendo que la gimnasia es un deporte de niñas... ¡Y yo soy una mujer! De tus cuatro Olimpiadas, ¿qué mascota es la más chunga? En Atlanta fue una; en Sidney fueron tres; en Atenas, dos... Y ahora a los chinos se les ocurre hacer cinco. Qué manera de ganar dinerillo... ¡Nomino a los chinos! Tu aparato favorito es la pelota. ¿Has jugado a fútbol? ¡Pues claro! Me llevaba mejor con los chicos de pequeña y jugaba al fútbol con ellos. Metía goles de chilena sin tirarme al suelo: subía la pierna y... ¡gol! El que menos te gusta, la cuerda. Será que no te han atado nunca... ¡Que no me guste la cuerda no significa que no sepa utilizarla! Tu libro favorito es El perfume, pero... ¿el olor que más odias? El de pollo podrido. Me iba un mes al Mundial y se me ocurrió desconectar la corriente... ¡El olor que había en la nevera no se me olvidará nunca!

Etiquetas: Almudena Cid, fotos, revista fhm, Sexy

¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres.

Fotos de Alena Seredova

O Guarda-redes da Selecção Italiana não só é um dos melhores do mundo como tem uma das namoradas mais bonitas e sensuais do planeta. Alena não é só bela, como gosta de provocar, aparecendo por diversas vezes em fotografias com os peitos a descoberto. Veja aqui algumas fotos desta gata em mais um post de Namoradas de Jogadores das Selecções do Euro 2008:

Etiquetas: famosas mundiais, fotos, mulheres de jogadores de futebol

Fotos de Eva Gonzales

Eva é a mulher do grande guarda-redes espanhol da selecção do seu país e do Real Madrid. Depois do titulo Europeu, Iker Casillhas tem bem com quem festejar as vitórias do futebol quando regressa a casa. Veja a foto da gata:

Etiquetas: famosas mundiais, fotos, mulheres de jogadores de futebol

Fotos de Anine Bing-Svensson

Anders está agora relegado para Clubes de 2ª linha, como é o caso do Elfsborg, clube onde milita. No entanto, a sua mulher Anine continua na ribalta, como estas imagens bem o demonstram. Anine é uma mulher lindissima, escultural e que faz as delícias de quem a vê. De certeza que com uma mulher destas, Anders, quando chega a casa, esquece o facto de já não jogar ao mais alto nível, pelo menos no que diz respeito aos relvados, já que em relação ao casamento, isso não se verifica!

Etiquetas: famosas mundiais, fotos, mulheres de jogadores de futebol

Cheryl Cole

Bom, na verdade a Cheryl não é namorada, mas sim mulher do lateral esquerdo do Chelsea e da Selecção Inglesa. Mas isso não é o mais importante. O que ressalta é o facto de Cheryl ser uma super brasa, conforme as fotos o comprovam. Não há duvida que esta secção de Namoradas de Jogadores de Futebol é uma verdadeira delicia!

Alexandra Paressant

A modelo francesa Alexandra Paressant, namorada de Ronaldinho Gaucho, disse que este também é uma maravilha na cama e revelou que, durante Campeonato do Mundo da Alemanha, "escapou várias noites da concentração" da seleção brasileira para ficar com ela. "O técnico não queria que as namoradas dos jogadores dormissem no hotel da equipe, mas nós não agüentávamos ficar separados", disse a modelo francesa ao "The Sun". Acrescentou: "Uma noite ele me fez gritar de prazer e as pessoas que estavam no terraço do hotel nos escutaram, porque estávamos com a janela do quarto aberta". "Ronaldinho é fora de série na cama. Melhor que no campo de futebol. Ele não pode viver sem amor, é uma pessoa muito passional e me demonstrou isso constantemente", contou a namorada. Apesar dos encontros, a modelo entende que isso não influenciou a atuação do Ronaldinho em campo. "Ele ficava feliz comigo. E quando ele está feliz, joga bem futebol. Além disso, assisti a todos os jogos do Brasil e acho que Ronnie jogou bem", opinou Alexandra Paressant.

Eva Gonzales

Na verdade, Eva já não é namorada mas sim mulher do grande guarda-redes espanhol da selecção do seu país e do grandioso Real Madrid. As épocas não têm corrido bem quer a uma, como a outra, apesar da entrada da Selcção Espanhola no Euro 2008. No entanto, com uma modelo como Eva, Iker Casillhas tem bem quem o console das amarguras do futebol quando regressa a casa. Veja a foto da gata:

Alena Seredova

O Super Guarda-redes da Selecção Italiana não só é um dos melhores do mundo como tem uma das namoradas mais bonitas e sensuais do planeta. Alena não é só bela, como gosta de provocar, aparecendo por diversas vezes em fotografias com os peitos a descoberto. Veja aqui algumas fotos desta gata em mais um post de Namoradas de Jogadores das Selecções do Euro 2008:

Anine Bing-Svensson

Anders está agora relegado para Clubes de 2ª linha, como é o caso do Elfsborg, clube onde milita. No entanto, a sua mulher Anine continua na ribalta, como estas imagens bem o demonstram. Anine é uma mulher lindissima, escultural e que faz as delícias de quem a vê. De certeza que com uma mulher destas, Anders, quando chega a casa, esquece o facto de já não jogar ao mais alto nível, pelo menos no que diz respeito aos relvados, já que em relação ao casamento, isso não se verifica!

Imagens Super Sensuais de Christina Aguilera

Exótica - Devon Aoki

Provavelmente, algumas das leitoras que mais acompanham o mundo da moda conhecem o nome e o rosto invulgares desta jovem de 21 anos. Devon Aoki é já uma modelo veterana e familiarizada com as colecções de Givenchy, Fendi, Balenciaga, Thierry Mugler, Versace ou Lancôme. Mas, à semelhança de outras modelos, Devon deixou-se também conquistar pelo mundo do cinema, e decidiu alternar as passerelles com o plateau, precisamente como corredora de automóveis em Velocidade + Furiosa, a sequela do famoso filme sobre provas de carros proibidos, Velocidade Furiosa. Isto apesar de nem sequer ter ainda carta de condução...


Devon Aoki nasceu em Nova Iorque, mas cresceu em Malibu, no seio de uma família cosmopolita, de raízes japonesas por parte do pai, o ex-campeão olímpico de luta, Rocky Aoki, e alemãs e americanas por parte da mãe, a designer de joalharia Pamela Hilburger. Ficou também conhecida pelo breve relacionamento amoroso com o rocker Lenny Kravitz. Como se percebe, os últimos anos têm sido vividos a uma velocidade semelhante ao potente Honda 2000 superequipado que guia no filme que agora estreia.

A verdade é que, apesar do sucesso em Hollywood, Aoki está empenhada em cumprir o contrato que assinou como um dos novos rostos da marca Lancôme, juntamente com Uma Thurman, Mena Suvari e Elizabeth Jagger. “Para mim, fazer cinema é uma coisa nova. Ainda agora comecei. Apesar de ser uma modelo veterana, continuo a ir a castings e a aprender tudo de novo.”

Esta mistura de culturas e ambientes acaba por se reflectir também na sua maneira de estar tão à vontade nos meios mais sofisticados de Hollywood como nos ambientes mais despreocupados. Modelo desde os 15 anos, Aoki demonstra ter um gosto muito particular ao misturar roupas e acessórios de designers com peças vintage. E assume que uma das suas maiores fraquezas são os sapatos Manolo Blahnik, um pouco à semelhança da personagem de Sarah Jessica Parker na série
O Sexo e a Cidade. “Nesse aspecto, sou completamente culpada. Tento não contar o número de ‘Manolos’ no meu armário...

Etiquetas: blog, blogging, celebridades, Devon Aoki, famosas mundiais

¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres.

Jodie Foster assume relação homossexual em evento

 

Find your Girlfriend / Bondage / Make Friends 

A atriz Jodie Foster, 44 anos, assumiu relacionamento homossexual ao dedicar um prêmio à sua companheira, Cydney Bernard, no evento que elege as 100 mulheres mais poderosas da indústria do entretenimento, realizado nesta terça-feira, em Los Angeles, segundo o jornal Daily Mail.

"Devo este prêmio à minha linda Cydney, que está comigo nos bons e maus momentos", disse ela em seu discurso.
Jodie Foster nunca falou sobre sexualidade publicamente. Ela é mãe de dois filhos, Charles, 9, e Kit, 6, cuja identidade do pai é um mistério.
Jodie e Cydney estão juntas há mais de 14 anos. Elas se conheceram em 1993 no set das filmagens de Sommersby - O Retorno de um Estranho.
A atriz já havia dado sinais sobre a sua relação com Cydney quando doou dinheiro ao Centro de Saúde Saban, na Califórnia, em nome dos filhos. Na época, ela entregou duas placas à instituição com os nomes: Kit Bernard Foster e Charles Bernard Foster. Find your Girlfriend / Bondage / Make Friends

Etiquetas: celebridades, celebrities, famosas mundiais, homosexualidade, Jodie Foster

Jessica Alba está grávida do primeiro filho

 
A atriz Jessica Alba, 26 anos, está grávida do primeiro filho, fruto de seu relacionamento de três anos com o produtor de cinema e TV Cash Warren, 28, informou a revista People.


"Eu confirmo que Jessica e Cash estão esperando um bebê para o final da primavera", disse o representante da atriz, Brad Cafarelli.
Jessica e Warren namoram desde 2004. Eles se conheceram no set das filmagens de Quarteto Fantástico, onde ele trabalhou como diretor assistente.
O casal tem planos de se casar em breve, mas não marcaram uma data para a cerimônia.
Recentemente, Jessica Alba foi eleita a mulher mais sexy do mundo pela revista britânica FHM.

Etiquetas: blogging, celebridades, famosas mundiais, Jessica Alba, news, personal

Modelo holandesa tira a roupa em defesa dos animais


A modelo holandesa Natasja Vermeer foi fotografada nua para a nova campanha do People for the Ethical Treatment of Animals (PETA), em defesa dos animais, em Roma, na Itália.

No ensaio, realizado pelo fotógrafo italiano Angelo Gigli, Natasja aparece com asas e com parte dos seios cobertos pelos próprios cabelos.

A modelo segura uma faixa na altura da cintura com os dizeres: "Ganhe suas asas - abandone peles."

Natasja Vermeer ficou famosa nos Estados Unidos ao estrelar a série de TV da HBO Emanuelle, de 2004 a 2006.

Clique aqui para ver as fotos!

Fotos picantes de Beyonce

Christina Aguilera defende Britney Spears

Encontre a sua companhia / Bondage / Faça Amigos

Christina Aguilera defendeu Britney Spears e assegurou que a artista é uma excelente mãe para seus filhos, Sean Preston e Jayden James, apesar dos comentários da imprensa americana.

Aguilera, que está grávida de seu primeiro filho com seu marido Jordan Bratman, comentou que a artista sempre esteve forte sob a pressão da mídia:

"Britney é uma boa pessoa e uma boa mãe. Ela tem estado sob muita pressão desde sua infância. Eu não acho que qualquer um possa julgá-la e fazer conclusões precipitadas a seu respeito. Ela realmente ama seus filhos", disse Christina.

Encontre a sua companhia / Bondage / Faça Amigos

Etiquetas: Britney Spears, Christina Aguilera

A sedução no palco

Encontre a sua companhia / Bondage / Faça Amigos

Embora planeasse ter mais tempo livre, 2006 foi um ano recorde para Cate Blanchett no que se refere ao volume de trabalho. Logo a seguir a filmar Babel, com Brad Pitt, no deserto marroquino, iniciou a rodagem de O Bom Alemão (ao lado de George Clooney), em Los Angeles. Daí voou para Londres, para filmar The Golden Age (com Clive Owen), seguindo para Montreal, onde rodou I'm Not There, e daí novamente para o seu país natal, a Austrália, onde anunciou que aceitara o convite para assumir a co-direcção (com o marido, o argumentista Andrew Upton) da Companhia de Teatro de Sydney a partir de Janeiro de 2008.

Em O Bom Alemão, interpreta uma alemã procurada pelo ex-amante, um jornalista americano (Clooney). Este acaba por se ver envolvido numa emaranhada teia de mortes, contrabando e espionagem. Realizado por Steven Soderbergh, que co-produziu vários filmes com Clooney, o filme reintroduz alguns dos conceitos estilísticos e dramáticos dos filmes
negros das décadas de 40 e 50.

Poderemos também ver Blanchett num tipo de drama muito diferente, contracenando com Dame Judi Dench em Diário de um Escândalo, em que encarna uma professora londrina que tem um caso com um aluno de 15 anos e é chantageada pela solteirona, possessiva e despeitada Dench. O filme irá provavelmente provocar controvérsia de ambos os lados do Atlântico e confirmar a crescente suspeita de que Blanchett é, actualmente, a mais destacada actriz do planeta.

Juntamente com o marido, Cate Blanchett, de 37 anos, divide o seu tempo entre Londres e Sydney, ao mesmo tempo que cria os dois filhos do casal, Dashiell John, de cinco anos, e Roman, com dois.

Sendo casada e mãe de dois filhos pequenos, o facto de ter trabalhado tanto no ano passado representou uma grande pressão para a sua vida familiar?
O trabalho stressa-me muito mais que os meus filhos. Adoro o tempo que passo a cuidar deles e a brincar… Os meus filhos são o meu oásis. Representar é sempre um processo que me mexe muito com os nervos. Isto faz parte da minha natureza, porque me faz chegar aonde eu preciso, como actriz. Como mãe, porém, descobri que quanto mais coisas me proponho fazer, mais coisas faço. Há quem tenha medo de ter filhos por temer que isso transtorne completamente a sua vida. Mas eu não tenho medo da mudança. Além disso, tenho a sorte enorme de ter um marido que me apoia muitíssimo e cuja profissão lhe permite ficar em casa quando eu estou fora.

Fascinante Cate Blanchett, que tem no Teatro a sua grande paixão, vai poder, em 2007, regressar às suas raízes profissionais e deixar para trás Hollywood.

A direcção da Companhia de Teatro de Sydney vai permitir-lhe um certo abrandamento?
Espero bem que sim! (Ri) Acho que me vou sentir menos ansiosa ao fazer as malas para ir passar três meses na Europa ou em Los Angeles se tiver a perspectiva de voltar a um lugar que me é familiar. Penso que a maioria dos australianos têm uma ligação profunda à sua terra e esse sentimento nunca os abandona. Vai ser óptimo poder voltar e sentir-me novamente envolvida na comunidade artística local. Além disso, quero que os meus filhos sintam o ritmo de vida de Sydney e conheçam esse mundo tal como eu me habituei a conhecê-lo.

Acha que este cargo vai mudar a sua vida?
É um novo desafio. A minha vida foi sempre assim: de vez em quando, leva um abanão. Nunca esperei ter a carreira que se me abriu desde que fiz Elizabeth. Tem sido tudo fantástico e penso que isso explica porque é que eu tenho mantido este curso, porque, de certa forma, sei que te-nho sido muito afortunada e não quis recuar, apesar do meu medo de encarnar constantemente novas personagens e de não atingir um nível de desempenho que me satisfaça.

Vai participar como actriz nas peças de teatro que a sua companhia vai encenar?
Depende do projecto. Mas a experiência de fazer Hedda Gabler (em 2003) foi tão positiva que quero mesmo estar envolvida na maior parte das produções que iremos levar à cena. Trata-se de um compromisso muito sério, e tanto eu como o Andrew estamos empenhadíssimos nele.

Isso significa que vai pôr um ponto final na sua carreira em Hollywood?
Não totalmente. Vamos ter três meses por ano para nos dedicarmos a outros projectos e isso permite-me continuar a fazer filmes. Por outro lado, tenho trabalhado tanto ultimamente – e 2007 parece ir pelo mesmo caminho – que esta mudança de ritmo virá mesmo a calhar. O teatro sempre foi a minha grande paixão, e vou ter a oportunidade de regressar às minhas raízes profissionais.

Falemos de O Bom Alemão. Toda a gente quer saber o que achou de George Clooney...
É de um encanto extraordinário e apoiou-me muito. Deve ter pensado que eu estava muito ansiosa em relação à minha personagem e sorria-me, o que me fazia descontrair um pouco. Além disso, tive a oportunidade de trabalhar com um grande homem, o realizador Steven Soderbergh.

Conviveu com George Clooney nos tempos livres?
Normalmente, sou bastante solitária quando estou a trabalhar. Tenho dificuldade em estabelecer relações muito próximas com os outros elementos da equipa. Tenho de ficar dentro do meu pequeno mundo e isso não deixa muito espaço para conhecer melhor as pessoas quando acabamos de filmar e regressamos ao hotel.

A sua carreira não tem sido típica das estrelas de Hollywood. Porque é que tem recusado ofertas de grandes estúdios em favor de papéis mais pequenos?
Acima de tudo, adoro representar e não sinto necessidade de ser a estrela em todos os filmes nem de aceitar papéis que forçosamente dirigirão as atenções sobre mim. Quando fiz de Katharine Hepburn em O Aviador, sabia que podiam criticar-me por não conseguir imitar bem o sotaque dela e exagerar na interpretação. Ora aí é que bate o ponto! (Ri) Nós queremos correr o risco de ser humilhados porque ficamos muito mais satisfeitos com o nosso trabalho se acabarmos por fazê-lo bem. É esse o princípio de repulsão-atracção que está aqui em jogo. Foi como quando aceitei um papel secundário em O Talentoso Sr. Ripley. Fi-lo porque a personagem tinha uma vulnerabilidade singular com que me identifiquei bastante.

“Adoro representar e não sinto necessidade de ser a estrela
em todos os filmes.”

Como é quando não está a trabalhar?
(Ri) Muito mais desorganizada… Depois dos 30 permiti-me a mim própria ser mais descontraída e não me preocupar tanto. Vive-se muito melhor assim.

Como é que a Cate e o seu marido conseguem conciliar a vossa vida familiar com tantas solicitações profissionais?
Nem sempre é fácil, mas o Andrew é um homem tão bom e tão forte que não me deixa sentir demasiado pressionada ou atormentada quando tenho tendência para me enervar ou para me sentir ansiosa. Ele tem sido a grande força pacificadora da minha vida e fez de mim uma mulher muito mais feliz. Acho que ter tido os meus filhos também alterou radicalmente a minha mentalidade egoísta, típica dos actores. Antes do nascimento deles vivia muito mais para o trabalho porque tinha tendência para achar que o mundo girava à minha volta e dependia dos papéis que eu aceitasse. Isso torna-se a nossa vida, por assim dizer. Mas o casamento e a maternidade forçam-nos a abandonar essa perspectiva obsessiva. Passa a existir um outro universo que ocupa as nossas energias, muito mais gratificante do ponto de vista emocional. Esse universo alimenta-me. A representação esgota-me.

É uma mulher mais fraca ou mais forte do que a imagem que os seus papéis projectam para o público?
O único sítio em que me sinto totalmente segura e em paz é em casa, com a minha família. Adoro essa sensação.

Encontre a sua companhia / Bondage / Faça Amigos

Etiquetas: actriz, Cate Blanchett, famosas mundiais, sedução, sensualidade, teatro

Alma, Sexo e Glamour

Encontre a sua companhia / Bondage / Faça Amigos

Christina Aguilera nunca se coibiu de provocar. Ao longo da maior parte da sua carreira, e especialmente com o seu famoso videoclipe Dirrty, procurou usar o sexo como um aríete irónico para pontuar e promover a sua música. Dotada, porém, de uma voz celestial (ou diabólica), mostrou que tem mais para dar que vácuos devaneios pop. No seu último CD, Back to Basics, Aguilera abandona a sua personagem Xtina/Grande Meretriz e converte-se numa vampe loura platinada ao estilo de Jean Harlow, armada de um som soul revivalista mas, ao mesmo tempo, surpreendentemente novo.

“É desta música que eu gostava em criança”, nota Aguilera. “Há nela muita emoção e vulnerabilidade, e também muita dor, sentimentos com que me identificava quando era uma rapariguinha com um ambiente familiar violento. Ouvia aquelas canções vezes sem conta, para me abstrair da destrutividade que existia na minha casa. Eram a minha fuga, e por isso sempre me senti profundamente ligada a esse tipo de música.”

Ao render homenagem a Billie Holliday, Aretha Franklin e várias influências da soul e do jazz dos anos 20, 30 e 40, Aguilera corre o risco de desagradar à maioria dos seus fãs, na faixa da adolescência, e de provocar a hostilidade dos críticos por estar fora da sua coutada ao interpretar clássicos do passado. Mas a antiga garota do Clube Disney mostra que é uma mulher de armas quando se trata de utilizar todos os recursos da sua voz. Além disso, é refrescante ver uma diva da pop abandonar o território que lhe é familiar para dar um abanão no seu destino artístico.

A revolução musical de Aguilera ocorreu no contexto do seu casamento, há ano e meio, com o produtor discográfico Jordan Bratman. Na entrevista que se segue, a cantora reflecte sobre a sua recente metamorfose musical e pessoal.

É notável a sua transformação em Back to Basics. Gosta de reformular a sua imagem e a sua música?
Para mim, é importante explorar diferentes rumos musicais e artísticos. Não é apenas um estratagema ou uma manobra publicitária, porque não é uma estratégia prudente, longe disso. Gosto de pensar que estou a correr alguns riscos artísticos ao apresentar este tipo de música, porque sei que não é isso que as pessoas esperavam de mim. Mas acho que é uma atitude saudável.

E o visual Jean Harlow/anos 40?
Quis mudar a minha aparência de modo a que ela reflectisse o que estava a sentir em termos da música que me interessava fazer. No meu caso, entrar no espírito da música ajuda-me a aproximar-me do espírito dos tempos e dos artistas de uma época. O bâton vermelho, o penteado e o visual fazem parte da minha integração na vida e na música desse tempo. Tal como um actor, entro numa personagem e quero viver na sua pele.

Foi-lhe difícil “vender” um álbum assim à sua editora?
Há alguns anos mudei de produtor. Adquiri um controlo muito maior sobre a música que faço e estava determinada a gravar um álbum deste género. Acho que já atingi um nível de êxito que, de alguma forma, me dá o direito de mudar de rumo e não me limitar a fazer outro CD parecido com o Stripped ou o que quer que o público estivesse à espera ou fosse comercialmente mais rentável. Adoro esta música e penso que haverá muita gente interessada em me ouvir num registo diferente, com tanta alma, emoção e sentimento.

Acha que um CD deste tipo amainará um pouco a tempestade e a controvérsia que o seu álbum Stripped e o videoclipe Dirrty provocaram?
Não sei, acho que não tem nada a ver uma coisa com a outra. O álbum Stripped reflecte o meu lado sexual, que eu não tenho receio de expressar. Penso que as mulheres deviam abraçar a sua sexualidade, porque é uma parte fundamental da natureza humana e não deve ser reprimida. Não se deve esperar das mulheres que obedeçam a quaisquer normas ou modelos de bom comportamento ou decência. Quem é que os define? As mulheres devem poder traçar os seus próprios limites.

Tem necessidade de provocar?
Gosto de ser capaz de ultrapassar barreiras, de ser ousada, de não me retrair. É a vantagem de ser cantora: posso libertar toda a energia que está dentro de mim e utilizar a minha música e a minha presença física para me definir e expressar emoções profundas. Não tive uma infância e uma adolescência fáceis – e com isto não estou a pedir às pessoas que sintam pena de mim ou coisa do género –, e este álbum exprime muitas das sensações que retenho dessa época da minha vida. Acho que é saudável falar destas coisas. A minha música tem uma vertente catártica.

É importante para si poder abrir-se ao público tal como faz neste álbum?
A tristeza é uma emoção que toda a gente pode partilhar e compreender, e espero que as pessoas encontrem algo nas minhas canções que as toque. É sempre bom saber que não estamos sós no mundo, que não somos os únicos a passar por momentos difíceis ou a não sentir a felicidade que desejamos.

Nunca teve medo de se vestir de forma bastante ousada ou de falar abertamente sobre sexo...
Adoro roupas sexy. Por que não haveria de gostar? É divertido sair por aí a pavonear os nossos dotes. É claro que podia ser mais discreta, recatada e reservada, mas não seria eu própria. Sinto-me bem com a minha sexualidade e com o meu corpo e acho que é uma atitude mais sadia do que sentir-me embaraçada em relação a questões que tenham a ver com o sexo ou ter vergonha de ser expressiva.

Mencionou um ambiente familiar hostil. [O pai de Aguilera, Fausto, batia na mãe até que esta o deixou, quando a cantora tinha sete anos]. Back to Basics foi uma forma de lidar com essa etapa do seu crescimento?
As letras e o que senti quando estava a cantar estas canções tiveram muito a ver com isso. A música tem o dom de evocar memórias e sentimentos quando a escutamos, e é isso que me acontece quando escrevo ou canto. É uma emoção avassaladora.

Uma das canções de Basics, Save Me From Myself, é dedicada ao seu marido, Jordan Bratman. Que efeito teve a presença dele na sua vida?
Quando se tem um pai violento, uma série de modelos masculinos muito negativos na nossa vida e se conheceu tipos pouco recomendáveis que tentaram manipular-nos, precisamos de alguém que possa modificar rapidamente essa percepção e salvar-nos das nossas piores tendências e atitudes. Jordan é o meu protector, o meu herói; afastou-me de todas aquelas paragens sombrias em que a minha mente costumava internar-se. Perdi muito tempo à procura de uma figura paternal nos homens errados, e Jordan é o primeiro homem na minha vida que realmente me amou e me tratou com respeito, como mulher e como pessoa. É muito importante para mim.

Como vê o seu casamento?
É uma coisa muito bonita. Tem sido uma revelação ter este homem forte e carinhoso na minha vida. Sei que ele está sempre disposto a apoiar-me e a defender-me. Embora possa não parecer, às vezes sinto-me frágil e vulnerável, e Jordan faz-me sentir muito mais segura.

Preocupa-a que a fama possa afectar o seu casamento, ou a possibilidade de poderem discordar quanto ao seu rumo artístico?
Jordan tem uma coisa excelente: não me quer moldar, quer deixar-me ser quem sou e seguir o meu instinto. É um homem muito calmo, muito sereno. Aconselha-me, mas de uma forma construtiva. Não há palavras para exprimir como é importante ter esta presença terna e reconfortante na minha vida. Esperei muito tempo para encontrar estas qualidades num homem.

Encontre a sua companhia / Bondage / Faça Amigos

Etiquetas: alma, cantora, Christina Aguilera, famosas mundiais, glamour, sexo

Fotos nuas de Carmen Electra

Carmen Electra é uma super boazona. Pessoalmente, acho que o seu peito e a sua bunda são os seus melhores atributos, mas a cara também não é de deitar fora!

Confira aqui as fotos: Find your Girlfriend / Bondage / Make Friends

Clique aqui e veja o resto da colecção de fotografias: Carmen Electra
¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres

Fotos sexy de Cindy Crawford

Cindy Crawford é uma mulher estonteante! Linda e com um corpo fantástico, esta mulher é sua sensualidade que toca a perfeição.

Confira as fotos: Find your Girlfriend / Bondage / Make Friends




Clique aqui para ver o resto das fotos: Cindy Crawford

¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres